terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Últimas Novidades do Ano

Bom galera, como minha última postagem do ano gostaria de apresentar para aqueles que ainda não conhecem uma iniciativa super bacana que foi iniciada num fórum da Jambô Editora. Estou falando do Projeto Aliança Negra. Isso mesmo, para que aqueles que conhecem o mínimo sobre o cenário de Tormenta sabem do que eu estrou falando. A Aliança Negra é um imenso exército de goblinóides que vem tomando terreno na parte sul de Arton. Como o cenário de Tormenta está em constante evolução seria natural que houvessem informações atualizadas a respeito da Aliança Negra, mas o interessante é que isso ocorreu primeiro de forma não-oficial num fórum da Editora que detém os direitos do cenário. A iniciativa deu tão certo que o projeto virou um Netbook Gratuito que recebeu elogio dos próprios autores do cenário, conhecidos como Trio Tormenta.
A revista Dragonslayer deste mês trouxe várias informações a respeito. Mas para quem é leitor do Vortex estou facilitando as coisas e colocando o link direto para o Netebook na nova sessão "Materiais não Oficiais, quem quiser conferir o trabalho é só dar um click lá. também estou colocando link direto para o número 3 da revista Pergaminhos de Tanna Toh.

No mais é isso galera. Antes de encerrar eu só queria desejar um Feliz Ano Novo a todos com grandes realizações e muita Paz e Saúde. E só lembrando que ano que vem se Deus quiser o Vortex contará com uma equipe fixa visando ofercer materiais e atualizações com muito mais frequência.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Garage Sale de Fim de Ano



É isso Galera depois de décadas, sem postar nada. Eu volto pra vocês não com uma notícia mas com um anúncio. Estou vendendo boa parte da minha coleção de livros e materiais de RPG. A explicação para estar me desfazendo é que ultimamente eu tenho andado meio desanimadao de jogar, fora que outros projetos de vida têm me impedido de me dedicar mais ao jogo. Eu continuo me considerando um RPGista convicto e continuarei participando da organização dos eventos aqui de Brasília mas infelizmente não dá pra manter a quantidade de livros que eu tenho em casa se eu não os estou usando. Na realidade eu acho até um egoísmo da minha parte ter em casa tantos livros de RPG intactos (alguns folheados poucas vezes) quando muita gente que joga com frequência poderia estar fazendo uso deles. Então, para aqueles que receberão o 13º salário ou que pensam em pedir um presente de natal aqui vão as principais ofertas do meu acervo:

AD&D (2ª Edição em Português - em perfeito estado - Peças de colecionador)
Livro do Jogador - R$ 40,00
Livro do Mestre - R$ 40,00
Livro dos Monstros - R$ 40,00

D&D 3ª Edição (Edição 3.0)
Livro do Jogador - R$ 35,00
Livro do Mestre - R$ 35,00 Combo: Vendo os 3 juntos por R$ 100,00
Livro dos Monstros - R$ 35,00

OBS: Estes livros acompanham o Manual de Conversão para a edição 3.5

Livro dos Monstros de Faêrun (Sem Uso) - R$ 20,00

Guia de Itens Mágicos 1ª Edição - Editora Daemon - Capa Dura - R$ 25,00

Grimório de Arkanum (Sistema d20 e Trevas) - R$ 25,00

GURPS Conan (Perfeito Estado! Usado uma vez) - R$ 15,00
GURPS Fantasy (Perfeito Estado! Nunca Usado) - R$ 15,00
Combo: Quem levar os 2 ganha de brinde um GURPS Viagem no Tempo um tanto baqueado - pois comprei a muito tempo num sebo - mas em perfeitas condições de uso.

3D&T

Coleção 3D&T

Vários livros Tanto da 1ª Edição como da edição Turbinada. Todos estão Impecáveis. R$ 6,00 cada.

OBS: A imagem abaixo é meramente ilustrativa e os dados não vem de brinde - Favor não insistir.


D&D Miniatures

Gargantuan Black Dragon (Retirado pouquíssimas vezes da caixa, com ficha e acessórios originais) - R$ 80,00


Vampiro Idade das Trevas - R$ 30,00 (Bom estado)
Lobisomem Idade das Trevas - R$ 20,00 (Um pouco baqueado mas sem rasgos ou orelhas)


Por hora vou postar só isso, só que a lista é muito mais extensa. Aqueles que tiverem interesse pela lista completa podem me mandar um e-mail no rsthomaz@gmail.com com o seguinte assunto: Livros de RPG. Eu estudo propostas, contra-ofertas e trocas.

Quem comprar não irá se arrepender pois meus livros são extremamente bem cuidados e tenho muitos brindes e materiais não oficiais impressos da internet que posso dar como brinde dependendo da compra.

É isso galera... Aguardem mais infomações e desde já desejo um Feliz Natal para todos e um grandioso Ano Novo.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Novidades do Blog

Bem galera primeiramente gostaria de pedir desculpas a todos por ter ficado tanto tempo sem postar, mas eu estava na correria para ganhar o pão de cada dia. Mas agora que eu pude dar uma respirada volto com mais informações para a galera do RPG de Brasília.

O nosso Blog está com novidades!!! A primeira delas são os links diretos para revistas on lines de RPG. Como atualmente estamos quase órfãos de Revistas Especializadas de RPG, uma vez que a Dragão Brasil foi extinta e a DragonSlayer não tem data fixa e nem continuidade nas publicações, temos que contar com as revistas on line que apesar de não terem o compromisso das revistas impressas são uma boa opção de informação. Por isso vou passar a trazer sempre os links diretos para as seguintes revistas de RPG On Line: Beholder Cego, Pergaminhos de Tanna Toh, e Revista Távola. Assim você economiza tempo e não precisa ficar procurando cada uma no seu respectivo site.
A revista Beholder Cego tem a qualidade gráfica muito boa mesmo, profissional . Quem chefia a revista é o Maury "Shy Dark" Abreu, já consagrado por sua participação na grande aventura "A Libertação de Valkaria", publicada pela editora Talismã. A Beholder Cego traz matérias interessantes bem como colunas fixas muito legais, vale apena conferir. E pra quem gosta das famosas adaptações tão popularizadas pela falecida DB, a Beholder Cego é um prato cheio. Ah, antes que alguém pergunte, eu não esqueci de colocar a edição de número #10 não, viu? É que esta edição chegou realmente a ser impressa e vendida e para conseguí-la você pode entrar em contato pelo e-mail beholdercego@gmail.com mas como já saiu faz um tempo acho um pouco difícil de obtê-laPergaminhos de Tanna Toh é uma revista de RPG especializada no cenário de Tormenta (do qual sou fã declarado) e nas suas poucas edições trouxe materiais e suplementos interessantes para o mundo de Arton. A revista tem uma editoração bacana e um texto muito bom. O único problema é que não estão havendo mais novas publicações há muito tempo, mas eu conversei com o editor da revista recentemente e parece que teremos uma nova edição em breve, contando inclusive com a publicação da minha aventura "O Guardião da Morte" que já está a muito tempo no nosso blog. E pra quem é fã do Trio Tormenta a revista conta com uma coluna fixa do Marcelo Cassaro, chamada "Palavra do Paladino". A Pergaminhos de Tanna Toh cumpre bem a proposta de fornecer material para o cenário do qual é tema, as duas edições trazem contos, suplementos, aventuras e novidades para o cenário de Tormenta.

E por último temos a revista Távola que apresenta uma editoração boa, e me impressionou com a qualidade de suas matérias e de seus suplementos. Além de ser uma revista genérica, ou seja, que engloba vários assuntos, sistemas de RPG e cenários; a revista conta com imagens originais de boa qualidade e aventuras muito boas que fogem do tema medieval. Os contos são uma atração a parte e vale à pena lê-los.

Uma outra novidade recentemente postada no nosso blog é a aventura Fuga de Sembia, esta é uma eventura do novo D&D 4º edição que foi ultilizada no Dia "D" RPG deste ano. Apesar de ter recebido muitas críticas dos mestres e jogadores do Dia "D" por ser muito grande e demorada para ser jogada num evento, eu resolvi postá-la pois acho que ela funciona bem se for jogada sem limite de tempo com seu grupo habitual.

Em breve o nosso novo colunista/jornalista Janary Damacena nos trará uma matéria completa com direito a áudio, revelando os verdadeiros fatos por traz do afastamento do Trio Tormenta e a derrocada da Dragão Brasil. Aguardem!!!!

Lembrando a todos que a equipe do Blog Vortex RPG está aberta a sugestões, críticas, elogios e colaborações. Você tem um material novo que você criou? Uma aventura que acha legal e sempre quis publicar? Um personagem que você montou e gostaria de compartilhar? Mande-o para nós que nós o colocaremos no nosso blog. E só mais uma coisa... Comentem! Pois uma grande alegria para quem escreve algo é ter a certeza de que é lido.

Até a Próxima Galera.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

2º Domingo de RPG na Leitura

Desculpem o atraso Galera mas essa semana tá sendo punk pra mim. Mas mesmo atrasado consegui um apanhadpo geral de como foi o 2º Domingo de RPG na Leitura diretamente pelas mãos do nosso novo colunista Janary Damacena. Ele compareceu ao evento e nos traz o que ocorreu no dia.

Incrível! Essa é a palavra que melhor define nosso encontro de Domingo, ou melhor, o 2º Domingo RPG na Leitura. Digo isso, porque alguns pontos me chamaram muita atenção, além da excelente partida de GURPS que joguei. Em primeiro lugar gostaria de agradecer aos mestres que compareceram ao evento, com vontade de narrar suas aventuras. Bem, como foi o dia então? Segundo os jogadores presentes (e que posteriormente manifestaram comentários muito favoráveis em comunidades do Orkut), foi muito bom. Mas seguindo os acontecimentos do 1º evento, nesse, tivemos também, mais mestres para narrar do que jogadores para participar das aventuras. Tanto que fechamos uma mesa com seis pessoas para jogar GURPS, em um cenário futurista que gostei muito e, isso cortesia do grande Tiago Hackbarth, um cara que luta para levar o GURPS a todos os eventos do Grupo D30! Eu estava pronto para mestrar coisas como Castelo Falkenstein e Toon, mas não tive oportunidade devido a carência de jogadores. Havia também, o Jonathans que apareceu para mandar uma aventura de Vampiro, que até começou, mas não terminou por causa do horário. O que posso falar do evento é isso, gostei e sei que os participantes também acharam bem divertido, até porque conversamos sobre RPG e nossas experiências com o hobby, além de histórias engraçadas que já presenciamos. Quanto a aventura de GURPS, sensacional, um ambiente futurista que apresenta elementos mais "reais" que as viagens no tempo e alienígenas, contando com a presença de intrigas políticas e lutas em gravidade zero... Como eu disse antes, foi simplesmente incrível!
Queria apenas lembrar à todos que a diversão não acaba agora, pois neste fim de semana teremos mais um evento de qualidade e que rendeu muito no ano passado: estou falando do 2º Dungeon Máster de RPG, que será realizado na loja Pendragon (no Venâncio 2000) a partir das 9h da manhã e vai até a loja fechar. Será de graça e terá vários sistemas, como GURPS, D&D, FALKESTEIN, TOON E VAMPIRO. Para participar como jogador ou mestre, basta enviar um email para encontrorpg@gmail.com especificando se vai jogar ou mestrar. Espero ver mais gente por lá!

Abraços

Por Janary Damacena

Queria fazer um apelo para todos os jogadores de Brasília, vamos participar mais dos eventos gente. Toda vez que eu vou aos eventos escuto gente dizendo que em Brasília nós tinhamos bons eventos, que o RPGista de Brasília não tem oportunidade de se reunir, e agora que o Grupo d30 está agitando com vários eventos a nossa Capital Federal, por que ficamos com tão pouca gente nos Domingos da Leitura? Vamos animar galera, combinem com seus grupos de ir jogar lá, ou apareçam de boa vontado pois mesas é o que não vai faltar.

sábado, 26 de julho de 2008

Novo Colunista do Blog

A partir de agora contaremos com a particpação do nosso novo amigo e Jornalista Janary Damacena ele fará partici´pações esporádicas com artigos, colunas e matérias interessantes sobre assuntos que agitam o mundo dos RPG's. Agradecemos a ele e esperemos que você que lê a partcipa do blog goste.

Jogadores e Diversão

Por Janary Damacena

Quando comecei a jogar RPG há 14 anos atrás, não foi com a descoberta de nenhuma loja maravilhosa que fazia lançamento de livros, tão pouco foi com algum amigo que conheceu o jogo, minha cidade nem mesmo tinha livraria o que dizer então de livros de RPG (que eram coisa um pouco difícil mesmo na época). Tudo aconteceu por conta de um livro chamado Robô Comando, da coleção Aventuras Fantásticas. Nossa, lembro como aquela capa que apresentava uma briga entre um robô gigante e um Tiranossauro Rex, teve influência em mim. Depois daquilo foi correr atrás de outros títulos e mais tarde partir para sistemas mais complexos. Mas não estou aqui para escrever sobre como ou o que comecei a jogar, mas sim, para falar um pouco dos tipos mais engraças (ou chatos) de jogadores que conheci nesse meio tempo. Existe uma variedade colossal de tipos, mas a maioria é apenas um desdobramento dos tipos mais comuns.
Logo de cara tive em meu primeiro grupo, que me acompanhou durante anos, três personalidades distintas entre cinco jogadores. O famoso overpower, que sempre lê tudo do livro, ou os trechos mais interessantes de habilidades para se tornar o cara mais forte. Inclusive temos aí o desdobramento do jogador ladrão, pois esse mesmo cara (muito amigo meu até hoje) ainda tinha o descaramento de roubar pontos pra ver se eu estava prestando atenção (ah sim, eu era o
mestre). Existiam ainda outros dois e, esporadicamente três, jogadores que pensavam unicamente em zoar o jogo, seja com piadinhas ou com ações extremamente absurdas no jogo. As loucuras iam desde sair armado até os dentes pra dentro de uma delegacia e explodir tudo só pra se vingar de uma inspeção de rotina realizada horas antes contra esses personagens, até ficar querendo matar todos os personagens que determinado jogador criava durante a campanha, só de sacanagem. O último jogador foi algo diferente, pois ele jogava magistralmente bem, mas tudo dependia do seu nível de satisfação com a campanha.
O que eu quero realmente dizer com tudo isso? Bem, já joguei com grupos mais sérios e que interpretavam mais, joguei com verdadeiros palhaços de circo que não desenvolviam uma aventura one-shoot em dias de jogo, além de jogadores muito ou nada experientes com o hobby. Mas o que importa no final das contas é estar satisfeito com seu grupo, enquanto todos se divertem. Jogar RPG é estar livre de tudo para fazer o que quiser, essa é a lei primordial do jogo. E porque toda essa conversa? Simplesmente porque acho que os jogadores de hoje não sabem
disso, e para dar uma ajuda vou começar a escrever uma série de matérias para o Vórtex RPG, explicando coisas que acho importante e dicas legais. Aguardem!

"A vida passa rápido demais, e se você não parar de vez em quando pra viver a vida... Acaba perdendo seu tempo!"
Ferris Buller

terça-feira, 15 de julho de 2008

Pequena quantidade mas uma participação bem válida...

Bem fazendo um apanhado geral do 1º Domingo de RPG na Livraria Leitura inicialmente eu pensei em dizer que foi um fracasso, mas depois pensei bem e mudei de idéia. Eu como sempre cheguei no horário, exatamente ao meio dia. Já havia uma pessoa no local esperando para a minha surpresa, é um mestre cabeludo que tem comparecido a quase todos so eventos e já é figura tarimbada nos eventos RPG aqui do Planalto Central (desculpa cara esqueci seu nome, sou péssimo para nomes). Até às 13:00 só estavam presentes eu e mais dois mestres no local. Logo depois chegaram mais algumas pessoas e pra variar todos mestres.
Eu já estou acostumado com os atrasos do meu grupo mas dessa vez marcamos 12:00 e eles chegaram às 14:00, na realidade não posso culpá-los muito uma vez que horário de abertura da livraria aos domingos é 12:00, e o almoço é uma hora sagrada, dizem por aí. Mas bem, acabou que como só haviam mestres e de diferentes sistemas nós ficamaos conversando e debatendo assuntos sobre RPG uma conversa bacana e bastante construtiva. Lá pelas 13:40 os mestres cansaram de esperar por jogadores e fizeram uma mesa rápida de D&D 4º Edição. Eu não participei pois já havia confirmado com o meu grupo e eles já estavam a caminho.

Resumo da situação: Haviam 3 mesas de jogo abertas: uma de D&D 4º edição composta pelos mestres órfãos de jogadores, uma mesa de Pendragon com um mestre e jogadores veteranos e minha mesa de D&D 3.5 Tormenta. Na realidade se por um lado fiquei um pouco triste por esse evento não ter tido uma participação tão volumosa de jogadores por outro foi até bom, tendo em vista que nesse dia as lojas dos shoppings aqui de Brasília só abrem à partir do meio dia e só havia um turno para jogar. Sabemos que o espaço disponibilizado pela Livraria Leitura apesar de muito bacana é pequeno e a situação ficaria bem complicada se tivesse aparecido mais
grupos. Bom o importante é que mais uma vez pudemos nos reunir com os amigos fazer novas amizades e conversar, debater e jogar o nosso tão querido hobby. Fica aí o recado. O 1º Domingo de RPG na Livraria Leitura foi uma iniciativa do Grupo d30, que irá coordenar os eventos de Brasília de agora em diante. E lembro que a Livraria Leitura disponibiliza o espaço do seu café para jogos de RPG todos os Domingos, vamos aproveitar galera.



Ah só mais uma coisa: como eu havia prometido mestrei a aventura as Relíquias de Raikhan, só não deu pra terminar, mas combinei com o grupo de nós marcamos o final desta história.

Até mais ver...

quarta-feira, 18 de junho de 2008

1º Domingo de RPG na Livraria Leitura

Dia 13 de Julho próximo de 12h00 às 18h00, será realizado o 1º Domindo de RPG na Livraria Leitura. Este pequeno evento é uma realização do Grupo D30 com parceria da Livraria Leitura do Conjunto Nacional. O evento se realizará na sede da Livraria Leitura do Conjunto Nacional onde a organização disponibilizará mesas para os participantes. É de vital importância que os mestres e jogadores levem o seu material pois a livraria não permite que sejam usados os seus livros. Não é necessário fazer inscrição para jogar neste dia, basta reunir o grupo e jogar. Aqueles que não tiverem grupo fixo e quiserem mestrar para participantes do evento podem encaminhar um e-mail para encontrorpg@gmail.com que o Grupo D30 se encarregará de divulgar a sua mesa. É importante que você coloque no e-mail seu nome, telefone para contato, sistema que vai mestrar, número de participantes, se aceita iniciantes e, se possível, uma sinopse de sua aventura.
Como o local na Livraria Leitura é relativamente pequeno quem quiser garantir uma mesa é melhor se antecipar e chegar cedo.
Apesar de não ter nenhum vínculo com a Livraria Leitura, exalto a atitude deles de apoiar o RPG aqui de Brasília e peço a todos que forem consumir algo que dêem preferência ao Café e Restaurante da Livraria, pois atitudes de apoio como essa devem ser incentivadas e ajudam a provar que o RPGista é um consumidor em potencial. Quem sabe mais pra frente eles não aumentam o espaço dedicado à nós?
Ah, mais uma coisa! Pra quem estiver interessado eu vou mestrar uma aventura de D&D 3.5 ambientado em Tormenta. A aventura que será mestrada é "As Relíquias de Rhaykan" uma aventura para personagens de 5º nível, de minha autoria. Tenho 5 vagas para jogadores e/ou jogadoras e aceito iniciantes. Eu já levarei as fichas de personagem prontas pois o tempo é muito curto para fazer as fichas na hora, contudo se alguém quiser levar o seu próprio personagem mande-me um e-mail com antecedência para que possamos acertar direitinho. Quem se inscrever na minha mesa receberá uma sinopse da aventura bem como os personagens disponíveis.
Não deixem de participar de mais esse evento galera, vamos prestigiar e lotar os eventos de RPG de Brasília!!! É o Grupo D30 trabalhando e botando pra quebrar!
Nós nos encontramos lá!!!!!

terça-feira, 10 de junho de 2008

Novo espaço para jogar RPG em Brasília!!!!



É isso aí galera!!! A Livraria Leitura do Conjunto Nacional, está com uma nova proposta de apoio ao RPG de Brasília. Agora além de podermos contar com um parceiro a mais nos eventos que porventura formos realizar a Livraria Leitura estará abrindo suas portas todos os Domingos para que grupos de RPG de Brasília utilizem as mesas para jogos. Por enquanto não haverá um controle por parte da livraria, é só ir com seu grupo e jogar. Como o espaço é pequeno caso haja uma procura muito grande a coordenação do local irá cadastrar as mesas de jogo por semana. Quem se interessar em jogar na Livraria Leitura pode entrar em contato pelo telefone (61) 3901-1488 ou ir pessoalmente No Shopping Conjunto Nacional SDN CNB 2º Piso - Asa Norte. O nosso contato lá é o Kesley, esse é o camarada RPGista que adianta o nosso lado lá.

Mudanças no Cenário de RPG da Capital

O cenário RPGístico em Brasília está mudando!!

Esse é um fato que já venho observando há alguns anos e pude confirmar nos últimos eventos ocorridos aqui na capital federal. Pra quem é RPGista atuante como eu, desses que jogam há mais de 10 anos e procuram sempre se interar dos fatos e participar dos eventos, é fácil ver que Brasília não é nem de longe um grande pólo do nosso hobby no país. Mas nos últimos anos tenho notado sensíveis mudanças em vários fatores que podem, à longo prazo, mudar e muito a visibilidade que a capital federal tem dentro do contexto do RPG nacional.
A primeira mudança que destaco é que está havendo uma maior disseminação do hobby pelas cidades satélites. Antes o RPG só era conhecido e jogado quase que exclusivamente no centro de Brasília, fato esse acentuado por conta de o RPG ser um hobby relativamente caro e tendo em mente que a classe mais abastada do DF mora em Brasília (Plano Piloto, Sudoeste, Lago Sul e Lago Norte). Eu mesmo só conheci o RPG a 16 anos atrás, por intermédio de um primo, cujo pai tinha excelentes condições finaceiras e podia comprar os livros importados.
Hoje, quando faço novas amizades nos eventos sempre me surpreendo com a quantidade de pessoas das cidades satélites que conheçem o jogo, tem grupo fixo e participam das convenções. Muitas delas vem de cidades como Taguatinga, Sabradinho, Paranoá, Planaltina, Riacho Fundo; percorrendo às vezes mais de 50 Km vindo paro o eixo central de Brasília, só para participar dos eventos, conhecer novos RPGistas e fazer novas amizades. Tudo pelo gosto que têm pelo hobby.
Não posso deixar de citar a participação de autores e editoras nacionais, que com seu trabalho de criação e publicação respectivamente, tanto têm contribuído para baratear o hobby. Que torçam o nariz os tradicionalistas de plantão, mas o nosso saudoso e falecido 3D&T, O Sistema Daemon, e cenários como Tormenta, com seu preço acessível e distribuição em bancas de jornais fez e ainda faz muito pela divulgação do hobby aqui no planalto central. Conheço muita gente que hoje é RPGista de carteirinha que começou jogando 3D&T.
Outro ponto que também posso destacar é que o nosso público cresceu e se diversificou. Além de haver mais jogadores, estes tem se tornado cada vez mais distintos tanto em faixa etária como em gênero. Antes quase não víamos mulheres jogando RPG, e em alguns dos últimos eventos vi garotas até narrando!!!!! E quanto a faixa de idade, nosso público está cada dia mais heterogêneo, contando com jogadores que vão desde os veteranos, de cabelos brancos, e que muitas vezes levam até os filhos para os eventos, bem como toda uma nova geração infantil de jogadores.
Isso é muito bom para nós RPGistas e tem se refletido no mercado de RPG de Brasília. Eu me lembro que há uns 12 anos atrás o único lugar aqui em Brasília em que se podia encontrar artigos de RPG era na livraria Nobel do Park Shopping. Hoje contamos com nossa saudosa Pendragon, a grande rede da Livraria Leitura, o nosso "Reino dos Quadrinhos" Kingdom Comics, bem como as nossas bancas de jornais que trazem (mesmo que muiiiiiiiiiiito esporadicamente) materiais e revistas especializadas em RPG.
Mudanças acontecendo, perfis sendo definidos... E dentro deste contexto algumas pessoas têm se destacado pela sua disposição e trabalho em prol do nosso querido hobby. Alguns RPGistas de Brasília que merecem ser citados e elogiados por sua intenção insistente em colocar Brasília no rol das grandes capitais de RPG do país. O grupo de D30 é um desses. Fundado no último Dia "D" RPG, é este grupo que à partir de agora vai agitar os eventos aqui em Brasília. E se formos contar com a disposição e atitude deste grupo e com a partiçapação efetiva dos nossos jogadores e mestres de Brasília, nosso circuito de eventos dos próximos anos vão Bombar!!!!!

domingo, 8 de junho de 2008

D&D Game Day Brasília - Um Apanhado Geral





O dia começou mais cedo no sábado dia 7 de Junho. Uma manhã de sol fraco e aquele friozinho típico das manhas de junho em Brasília. Estava previsto que o D&D Game Day aconteceria em duas lojas em Brasília: Na loja Pendragon do Venâncio 2000 e na Livraria Leitura do Conjunto Nacional. Eu Fiquei das 10:00 às 18:30 na livraria leitura e pude acompanhar a movimentação do evento no local.
Cheguei exatamente às 10:00 e me surpreendi com a presteza do pessoal da Livraria Leitura que com pontualidade britânica abriu suas portas aos jogadores. Naquele primeiro momento eu era o único mestre no local, mas já haviam 4 players madrugadores esperando. Logo em seguida o Mestre Janary Damacena, um dos organizadores do evento aqui em Brasília, também apareceu. Nós fomos atendidos pelo pessoal da Leitura que prontamente disponibilizou os kits mandados pela Wizards. A aventura começou menos de meia hora depois da abertura do evento, um recorde para os padrões RPgistas.
O local em si era bem localizado, dentro do Shopping Conjunto Nacional, tínhamos o Café da própria Livraria Leitura à nossa disponisição para um eventual lanchinho, bem como uma enorme praça de alimentação bem em frente a Livraria. A coordenação da Livraria Leitura disponibilizou 4 mesas para os participantes do evento, no começo achei que bastaria, mas o evento tomou proporções de público tão boas para os padrões de Brasília que o espaço logo ficou pequeno. Tivemos que nos apertar nas pequenas mesas redondas e dividir o espaço para caber o mapa e as miniaturas, mas isso faz parte.
Todos os mestres inscritos receberam a aventura oficial a ser mestrada com alguns dias de antecedência, e como cortesia da devir, esta foi traduzida por seu pessoal. O material como sempre estava muito bonito e deixou os jagadores novatos e iniciantes arrancando elogios (destaque para a miniatura do Clérigo de Pelor, que em todas as mesas foi a mais elogiada).
A Aventura "No Mausoléu do Antro das Sombras" foi uma boa pedida da Wizards após a péssima escolha da eventura "Fuga de Sembia" selecionada para ser mestrada no D&D Experience do Dia "D" RPG algumas semanas atrás. Ao contrário da aventura do Dia "D", que era muito grande e confusa para jogar como sessão one-shot, a aventura "No Mausoléu do Antro das Sombras" encaixou-se como uma luva para este tipo de evento. Uma aventura pequena, clichê, bem equilibrada e com um bom nível de perigos e desafios. Mestrei nos dois turnos, manhã e tarde, e ambos os grupos venceram a aventura em aproximadamente 2 horas.
Um ponto negativo a ser citado foi o fato de que apesar da Devir ter traduzido a aventura para os mestres, eles não traduziram as fichas de personagem para os jogadores como havia acontecido no dia D, resultado: houveram muitas dúvidas em todas as mesas com relação aos poderes e habilidades da nova 4º edição, fato que se confirmou quando pude notar que no turno da tarde algumas mesas jogaram com os personagens traduzidos que haviam sido disponibilizados no dia D.
Os particpantes que experimentaram a 4º edição pela primeira vez tiveram opiniões diversas, mas um ponto em comum foi unânime: O D&D quarta edição está claramente mais parecido com os jogos de vídeogame, como World of Warcraft e Ragnarok online e os personagens e monstros estão muito mais apelões.
Nenhuma destas questões prejudicou a diversão do pessoal e a alegria dos jogadores. Este na minha opinião foi um dos melhores eventos de RPG do modesto público Brasiliense. Nas duas lojas conseguimos lotar todas as mesas em ambos os turnos e todos os kits acabaram inclusive faltando algumas pessoas para jogar.
Tivemos também o desafio do Dragão que foi uma atração à parte que empolgou os jogadores na disputa pela miniatura do Dragão Branco.
Novamente destaco a participação femenina no evento. A cada evento me surpreendo mais com o número de mulheress entrando para o Hobby. Na Livraria Leitura havia pelo menos uma garota em cada mesa e não foram raras as que tinham 3, superando inclusive o número de homens.
No final do dia a Livraria Leitura sorteou o Dragão Verde dado pela Wizards e uma miniatura oficial de D&D série limitada. O dragão verde foi ganho pelo mestre marcelo e a belezinha do Dragão Negro Colossal da série Icons "sortudamente" eu que ganhei.



O pessoal do D30 agradece a participação de todos no evento e eu espero que todos compareçam aos próximos que ainda estão por vir. E este ano ainda teremos o 2º Dungeon Master Brasília, que provavelmente será coordenado pelo Grupo D30. Nós nos encontramos lá!!!!!

sexta-feira, 23 de maio de 2008

D&D Game Day

Já foi confirmada pela Wizards of The Coast a data do D&D Game Day deste ano de 2008. O evento acorrerá no próximo dia 07 de Junho de 2008 (sábado).
Aqui em Brasília somenta duas lojas irão receber o Kit de brindes do D&D Game Day são elas: Pendragon, no Shopping Venâncio 2000 e Livraria Leitura no Conjunto Nacional.
Segundo fontes da organização do evento haverão aproximadamente 15 vagas para mestres e 75 vagas para jogadores sendo 1 mestre para cada 5 jogadores. Então, pra quem não quiser ficar sem chance de jogar no D&D Game Day, já estão abertas as incrições para jogadores nas respectivas lojas onde acontecerá o evento. As incrições para mestres abrirão provavelmente na próxima semana. Vamos lá galera!!! Esse é o tipo de evento que não dá pra deixar pra se inscrever na última hora, afinal jogar D&D já é o bicho de graça, quem dirá então ganhando presentes da Wizards!!!!!
Para quem não sabe o que é o D&D Game Day, este é um evento promovido pela própria Wizards Of he Coast que ocorre simultâneamente em vários países do mundo visando promover o RPG Dungeons & Dragons e apresentá-lo a novos jogadores. Todos os participantes - Mestres e jogadores - receberão um kit contendo alguns brindes, entre eles miniaturas oficiais do D&D Miniatures e um Dado de 20 lados, que poderão ser levados após o término da aventura.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Dia D - Muito Louco


Mesa de D&D 4º Edição - Aventura Scape From Sembia.
Essa eu joguei. O sistema está bom. A Aventura era fraquíssima mas o Valberto deu uma melhorada


Mesas de Pendragon, D&D 3.5 e o pessoal do Heroclix respectivamente


Storytelling, Gabriel, O Pensador? , Esse eu não sei o que é.

Dia "D" RPG - Brasília 2008


Porque será que ele está fazendo essa cara? E o que esse outro está fazendo alí atrás

video

Dia "D" do RPG em Brasília - Sábado 18 de Maio 2008

A Galera Levantou cedo para jogar












Nove horas da matina dé sábado e esse pessoal já estava animadíssimo. Isso é que é gostar de um bom Role Play.

D&D 4º Edição - Você Precisa Dele?



Indignação! Foi o que eu senti quando botei os olhos na notícia de que iria ser lançada uma 4º Edição de D&D. Achei simplesmente absurdo, a vinda de 4º edição depois de tantos jogos lançados na versão 3.5 e depois dos meus caros livros da edição 3.0 terem ficado praticamente obsoletos. Eu fiquei pensando que realmente a Wizards Of The Coast, age de má fé com seus assíduos compradores de produtos. Simplesmente é impossível para o meu bolso, e acredito que para o bolso da maioria dos brasileiros arcarem com tantos novos lançamentos de uma 4º edição D&D.
Bem, essa foi minha impressão inicial, pra mim naquele momento só conseguia ver a Wizards como um empresa Caça-Níqueis-filha-da-mãe. Quando começaram a vir notícias sobre a 4º edição confesso que comecei a mudar minha opinião.
As mudanças que estão sendo propostas, pelo menos para mim, são muito válidas já que mexem numa parte do jogo que particularmente não me agrada. Pelo que andei lendo parece que houve uma mudança profunda na mecânica de regras de combate para que esse se torne mais rápido e com menos jogadas de dados. Ponto para a Wizards. Sempre achei os combates muito demorados no Dungeons & Dragons desde o já falecido AD&D.
Parece que a nova edição também virá acompanhada de uma ferramenta de apoio virtual para quem gosta de utilizar o computador em suas sessões de jogo. Os puristas e tradicionalistas de plantão devem estar torcendo o nariz por aí. Eu não. Particurlamente, eu acho que na mesa de jogo, tudo que puder acrescentar é bem vindo, e o computador é uma ferramenta inegavelmente eficaz para esta tarefa.
Nos últimos dias 18 e 19 de maio pude experimentar uma prévia do D&D 4º Edição no "Dia D RPG" aqui de Brasília. A impressão inicial que tive foi boa. Os combates realmente estão mais ágeis e é impressonate como foram reduzidas as jogadas de dados, isso deixou o sistema mais "leve", "desenrolado" por assim dizer. Algumas mudanças porém, não me agradaram. Uma delas foi a entrada dos tieflings como raça básica. Eles nunca tiveram progressão nos títulos anteriores por que diabos tinham que aparecer agora. Outra coisa que pude confirmar foi que realmente há uma leve sensação de que se está jogando un MMORPG, pois algumas dinâmicas ficaram descaradamente voltadas no sentido de atrair o público dos rpgs on line para o RPG tradicional de mesa. Os chamados pulsos de cura, na minha opinião, são extremamente desconexos, diminuem em muito o papel e a figura do clérigo dentro do jogo, além de fugirem da temática do RPG de mesa (pensem... todos os PJ's tem um grande poder se auto regenerarem, meio que uma síndrome de wolverine, pra que clérigo então?). A regra dos "Poderes por Encontro" e "Poderes por Dia" eu achei meio forçada e torci o nariz no começo, mas por incrível que pareça ficou bom!!!! Essa é a minha opinião... Essas duas novas regras fizeram com que todas as classes tivessem uma grande gama de opções diferentes para utilizar na aventura, assim como o mago e o clérigo tinham muitas magias diferentes para escolher. Por fim achei que Warlock realmente ficou nota 10 e garanto que não vou sentir saudades dos Feiticeiros (éca)!!!
Se a intenção da Wizards é de fato ganhar grana depreciando as edições anteriores, bem não posso culpá-la tanto, afinal isso é uma prática típica de grandes empresas de diversos ramos e uma máxima do capitalismo. Só fico triste em saber que meus livros da edição anterior novamente ficarão obsoletos com relação à nova edição. E junto com eles os trocentos títulos nacionais e internacionais já lançados. Obsoletos com relaçã à 4º edição, mas quem disse que você não pode continuar usando. Eu mesmo conheço gente que até hoje utiliza a edição 3.0.
Eu, além de jogador também sou colecionador de material relacionado a RPG, então dependendo das minhas condições finaceiras vou comprar a nova edição (parcelada é claro), mas não gosto desta obrigatoriedade sub-imposta de TER que comprar a 4º edição. A conciência de cada um (e o bolso também) é que devem ditar se compram ou não a edição nova, mas que essa nova fase do D&D promete mudanças muito mais bruscas do que as mudanças da edição 3.0 para 3.5, ah isso promete...